Como é feito o transporte de fertilizantes?

2022-04-06T12:26:25-03:0016/03/2022|Categorias: Logística e Transportes|

O Brasil é um dos principais protagonistas do agronegócio no mundo. Segundo a Forbes, o ramo de produção agrícola caminha para representar 30% do total do PIB brasileiro.

Transporte de fertilizantes e o consumo de adubo

Embora seja uma potência mundial, o Brasil importa grande parte do adubo que consome. A Rússia é a principal fornecedora e após a invasão na Ucrânia, o governo brasileiro busca alternativas imediatas para evitar que a guerra e as sanções mundiais afetem as safras.

A seguir, vamos falar sobre outros pontos de atenção, como os desafios no transporte de fertilizantes, principais cuidados no armazenamento, tipos de fertilizantes e etc.

Sem tempo para ler? Aperte play no áudio!

 

Principais cuidados para o correto armazenamento de fertilizantes

Os fertilizantes são produtos fundamentais e necessitam de cuidados específicos, pois são produtos químicos, um fator que influencia o planejamento logístico. É importante que durante os processos – entre a carga e descarga – o produto mantenha a qualidade, para ser aplicado imediatamente sem comprometer suas características fundamentais, principalmente pensando na eficiência da colheita.

Por isso, o processo logístico começa já no armazenamento e deve seguir o cumprimento de algumas regras do Decreto 4.954/2004.

 

Local de armazenamento

O galpão deve ser térreo, com piso nivelado e construído com materiais não inflamáveis.
Somente fertilizantes que não contenham nitrato de amônio e cálcio podem ser armazenados em local externo.

Ventilação

O ambiente precisa ser arejado, com temperatura entre 5ºC e 30ºC. É essencial contar com suporte de desenvolvidos equipamentos de ventilação, para viabilizar a circulação de fumaça em caso de incêndios.

Segurança

Os fertilizantes são compostos por substâncias inflamáveis e para evitar acidentes não podem ser armazenados próximo de outros materiais também inflamáveis ou incompatíveis. Consulte a lista da Norma ABNT NBR 14619.

Organização

Coloque pallets na base e nas laterais das embalagens, justamente para não deixar o produto em contato direto com o chão. Evite fazer pilhas altas – em caso de transporte de fertilizantes ensacados – para não derrubar os produtos e manter a ventilação entre os sacos.

Sinalização

Classifique os produtos, sempre indicando, com avisos claros e diretos, todos os riscos do local, além da localização de extintores de incêndio e saídas de emergência.

 

Como os fertilizantes são embalados?

Os fertilizantes são embalados de 3 formas:

  • A granel;
  • Sacos de 50 kg;
  • Big bags de 1000 kg;

As big bags, sacos industriais feitos em polipropileno, atualmente são as mais viáveis do mercado.

Essas embalagens permitem reaproveitamento dos sacos, melhor manuseio dos trabalhadores, diminuição de desperdício e integridade do produto armazenado até o final da cadeia logística.

 

Desafios para os transportes de fertilizantes

A logística de fertilizantes exige um planejamento de rotas cuidadoso, pois as cargas que chegam dos portos, percorrem milhares de quilômetros até chegar nas mãos do produtor.

 

Qual é o modelo de caminhão ideal para transporte de fertilizantes?

O tipo de veículo mais recomendado é o caminhão graneleiro ou caminhão basculante.

O modelo de caminhão pode variar de acordo com o tipo de embalagem, seja a granel, em sacos ou big bags.

 

Carga perigosa

Os fertilizantes contém substâncias químicas e são considerados carga perigosa. São classificados dessa forma, pois oferecem riscos não só aos veículos, mas também ao meio ambiente, os motoristas autônomos e demais profissionais envolvidos na cadeia de transporte de cargas. Sendo assim, é preciso seguir normas específicas da resolução ANTT nº 5.947/21.

O tipo de caminhão escolhido deve ser preparado com equipamentos de segurança, identificado com os símbolos para cargas perigosas. É importante ressaltar que o motorista precisa ser habilitado para esse tipo de transporte.

 

Tipos de carga perigosa

 

A importância de contar com equipamentos de proteção

Os equipamentos de proteção individual (EPI’s) envolvem tudo relacionado à segurança do motorista. Ao transportar cargas perigosas, o caminhoneiro deve portar:

  • Capacete
  • Luvas
  • Óculos de segurança
  • Máscara facial
  • Botas de borracha
  • Conjunto de calça comprida e sapatos fechados
  • Colete refletivo

 

Como fazer o carregamento de fertilizantes?

Evite contato com os olhos e pele, sempre protegendo o corpo ao manusear produtos químicos. O rótulo da embalagem contém todas as recomendações necessárias e específicas para cada produto.

 

Como descarregar fertilizantes?

Após o descarregamento, os produtos são vistoriados, pois passaram por etapas longas de distribuição e movimentação, em função das extensas rotas de transporte. É importante ressaltar a importância do correto manuseio na etapa de descarga, pois esse processo é essencial para organizar os produtos e fazer a vistoria, uma etapa chave na cadeia de transporte de cargas perigosas.

 

O que são fertilizantes fluidos?

Os fertilizantes fluidos, ou líquidos, são dejetos que passaram por processos biológicos. Devem ser armazenados em tanques e possuem custo menor em comparação aos fertilizantes sólidos.

 

O que são fertilizantes sólidos?

Os fertilizantes sólidos são os mais usados no Brasil, porém podem gerar mais perdas durante o manuseio. Não devem ficar expostos em áreas externas, para não perder nitrogênio e gerar higroscopicidade, ou seja, a capacidade de absorver a umidade do ar. Sem esses cuidados, o produto pode apresentar empedramento e comprometer a aplicação.

O impacto do transporte de fertilizantes no avanço do agronegócio

O Brasil é um dos maiores consumidores de fertilizantes do mundo, devido a sua grande capacidade agrícola. O transporte rodoviário de cargas (TRC) é o principal responsável pelo deslocamento, desde a produção até a chegada ao agricultor.

Como vimos no artigo, a grande oportunidade do setor está na melhora de processos logísticos, justamente para diminuir o desperdício e aumentar a eficiência de transporte e armazenamento, sempre com foco em segurança.

Experimente a Fretebras por 7 dias grátis e anuncie sua carga, informando o tipo de veículos e carroceria, para mais de 640.000 caminhoneiros autônomos cadastrados.

Compartilhe: