Principais dúvidas sobre o preço dos combustíveis no Brasil

2022-08-05T08:48:25-03:0003/08/2022|Categorias: Logística e Transportes|

Todo mundo sabe que a gasolina e o diesel estão caros. Mas quem precisa abastecer com mais frequência, como os caminhoneiros, sente na pele e no bolso os efeitos do vaivém no preço dos combustíveis.

Nesse artigo vamos mostrar o que influencia na economia, os principais fatores que afetam o preço e a importância na redução de custos. Vamos lá?

Sem tempo para ler? Que tal apertar play e escutar a narração do conteúdo completo?!

 

Cenário econômico

Vários fatores econômicos contribuem com a alta dos combustíveis: crises mundiais, alta do dólar, inflação, desvalorização do Real, etc.

Com o isolamento social devido à pandemia, a Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) fechou a torneira para manter o valor do petróleo e a volta ainda acontece de forma gradual.

Depois, com a guerra e as sanções ao petróleo russo, os preços ainda podem subir mais.

Segundo dados do IBGE, no acumulado dos últimos 12 meses, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) teve aumento de mais de 30% nos combustíveis, acima da inflação de 10,06%.

 

Principais fatores que afetam o preço dos combustíveis

Preço do petróleo

O preço do petróleo é em dólar e está caro em todo o mundo, sendo o principal vilão na alta dos combustíveis.

Refino

Embora o Brasil seja um grande produtor de petróleo bruto, ainda precisamos importar para atender a demanda interna por falta de capacidade no refino.

Impostos

Além da variação internacional, a alta carga tributária no país faz os combustíveis mais caros. Os principais impostos são:

  • ICMS;
  • CIDE;
  • PIS/Pasep;
  • Cofins;

 

O que determina o preço da gasolina?

O preço da gasolina é determinado pelos percentuais de impostos e margem de lucro do combustível. Ele é formado parte pela Petrobras, por impostos estaduais (até o momento com isenção de impostos federais), pela distribuição e revenda e pelo custo com a adição de biocombustíveis, como o etanol anidro.

 

Como calcular o preço da gasolina?

Segundos a Petrobras, a partir de dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) e CEPEA (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), na média Brasil o preço da gasolina em julho é composto por 49,0% da Petrobras, 15,2% de impostos estaduais, 0,0% de impostos federais, 19,5% de distribuição e revenda e 16,4% de custo do etanol anidro.

 

Como calcular o preço da gasolina por km?

Para calcular o preço da gasolina por km, basta dividir o valor médio do litro pelo consumo médio do veículo.

 

Porque a gasolina está tão cara em 2022?

O aumento do preço da gasolina aconteceu devido à sua relação com a alta do dólar. Para controlar o preço, os governos estaduais estão reduzindo o ICMS sobre os combustíveis.

 

O que significa redução de ICMS?

É uma regra para diminuição do tributo em determinado percentual para base de cálculo do ICMS. Valendo desde junho, a lei vigente limita que o ICMS sobre combustíveis supere a alíquota das operações em geral. Na maioria dos estados, o teto ficou entre 17% e 18%.

 

Como calcular a redução de base do ICMS?

Multiplique o preço do combustível pela alíquota praticada no estado. Por exemplo, se você abasteceu R$1000,00 de gasolina e a alíquota do estado é de 18%, o resultado será de R$180,00. Deste valor R$80,00 são o ICMS.

 

Porque o diesel está aumentando?

O diesel está mais caro que a gasolina principalmente devido à guerra entre Rússia e Ucrânia. O Brasil passou a importar dos Estados Unidos e, com a alta do dólar, o combustível chega mais caro ao país.

 

Como é formado o preço do diesel?

O preço do diesel é formado em parte pela Petrobras, por impostos estaduais (até o momento com isenção de impostos federais), pelo custo de distribuição e revenda e pelo custo com a adição de biocombustíveis, como o biodiesel.

 

Como acompanhar o preço do diesel?

O preço do diesel pode mudar a todo momento. Você consegue acompanhar o preço do diesel através de notícias, principalmente se elas tiverem conexão com as tensões entre os países produtores de petróleo. Você pode pesquisar também direto no site da Petrobras.

 

A importância da redução de custos no transporte de carga

A ideia de diminuir custos não deve ser tomada somente em momentos emergenciais. Com planejamento, o corte de gastos de forma estruturada garante à empresa mais recursos e maior competitividade.

Por isso, se precisar de ajuda para tornar a sua operação logística mais eficiente, é só entrar em contato que nós te ajudamos!

 

Conclusão

Agora que você sabe tudo sobre o preço dos combustíveis, saiba também que a Fretebras pode te ajudar.

Nossa plataforma reúne motoristas autônomos em todo o Brasil, o que acelera o processo de carga e descarga dos seus fretes. É só anunciar seu frete e resolver em um piscar de olhos.

Já pensou em contar com uma frota digital? Temos mais de 720 mil caminhoneiros cadastrados!

Compartilhe: