Transportadora sem caminhão? É possível? 

2021-09-09T15:55:04-03:0017/12/2020|Categorias: Logística e Transportes|

Utilizar a plataforma FreteBras e suas funcionalidades permite à transportadora sem caminhão trabalhar com uma frota virtual. 

Manter uma frota de caminhões hoje em dia não é fácil. Embora ela pareça representar o poder de fogo de qualquer transportadora, ao mesmo tempo as despesas que cada caminhão representa, pode consumir toda a lucratividade, caso não haja um bom acompanhamento, uma boa gestão.

Além dos altos preços dos caminhões novos e das despesas que eles trazem com licenciamento, IPVA, seguro DPVAT, multas, seguro, equipamentos de rastreamento e monitoramento, manutenção, pneus, entre outros, a transportadora ainda tem que arcar com as despesas que envolvem a contratação de motoristas para os veículos, salários e todos os encargos. 

A frota ociosa é outro problema que tira o sono dos empresários do transporte. Um caminhão parado também sofre desgaste e continua com várias despesas de custo fixo, mas sem o ganho de um frete. Isso obviamente acontece com todas as empresas do ramo e é preciso ter um capital razoável, uma boa administração e um trabalho de redução de custos para se manter firme no mercado. 

Por essas e outras muitas empresas escolhem atuar como transportadora sem caminhão e manter o foco na logística. A partir de uma iniciativa simples, a de se associar a uma plataforma de publicação de fretes, elas passam a utilizar uma frota virtual formada por caminhoneiros autônomos cadastrados.

Para operar uma transportadora sem caminhão, o processo é bem fácil: no caso da plataforma FreteBras, por exemplo, ela pode se associar, ter seus dados validados e passar a publicar fretes para os 450 mil caminhoneiros cadastrados e validados, conectados à ferramenta via aplicativo. Entre as maiores vantagens estão a segurança que a ferramenta proporciona e o fato de que a empresa não terá de arcar com todas as despesas que envolvem caminhão, frota e motoristas.

Além disso, a transportadora sem caminhão pode enviar cotação online para os embarcadores que publicarem suas cargas na plataforma, bem como utilizar as funcionalidades disponíveis, como a análise de rota, por exemplo, que permite saber sobre a média de preços de mercado, bem como sobre quanto deve cobrar em rotas que a empresa nunca utilizou. 

Ao publicar fretes na ferramenta, a transportadora sem caminhão preenche todas informações necessárias sobre a entrega, detalhes sobre a carga, define o caminhão adequado e o preço. Isso agiliza o contato dos caminhoneiros autônomos interessados no trabalho e ajuda na hora de fechar negócio. A plataforma não interfere na negociação, apenas serve de ponte entre os interessados no transporte de cargas.

A publicação de fretes é ilimitada, ou seja, a transportadora sem caminhão pode publicar quantos fretes quiser, junto com as mais de 10 mil empresas cadastradas. A ferramenta também facilita a gestão de cargas, trazendo ainda mais agilidade às operações da empresa. Caso seja necessário, a publicação pode ser na modalidade Frete Destaque e ganha mais visibilidade dos autônomos. 

Gostou da ideia? Saiba mais sobre a FreteBras. Acesse aqui.

 

 

 

 

Compartilhe: