Como garantir a segurança na entrega de produtos perecíveis?

2022-05-05T18:32:18-03:0026/11/2019|Categorias: Logística e Transportes|

O setor de alimentos é, obviamente, fundamental para todo o país. A logística e o transporte dos produtos perecíveis são cruciais para o segmento — que requer cuidados extremos, muita responsabilidade e respeito às legislações que envolvem todo esse processo, desde a retirada, passando pelo transporte, até a entrega.

Exatamente por abranger uma área tão grande e de tamanha relevância para a sociedade, tal tipo de transporte exige todos os cuidados e a regulamentação devida. Há regras específicas para diferentes tipos de cargas, que determinam pontos em relação ao tipo de transporte, à forma de armazenamento, ao acondicionamento e à temperatura.

Sem tempo para ler? Aperte play no áudio!

Em que consistem os alimentos perecíveis?

Hoje, de acordo com os órgãos regulamentadores, são considerados produtos perecíveis aqueles instáveis à temperatura ambiente, ou seja, que sofrem alterações de acordo com a oscilação do tempo.

Entram nessa condição, alimentos de diferentes origens, como carnes em geral, leveduras, frutas, fermentos, frutos do mar, ovos, legumes, alimentos congelados e muitos outros. Isso torna o segmento de transporte de produtos perecíveis bem amplo.

Como garantir a qualidade na entrega de produtos perecíveis?

Diante das regras existentes, as empresas e os profissionais que atuam nessa área precisam estar atentos a todas as condições que os envolvem, visando sempre manter e aumentar a qualidade no transporte ou na entrega dos produtos perecíveis. Exatamente para ajudar nessa empreitada, preparamos uma lista com algumas dicas. Confira as principais abaixo.

Faça um bom planejamento de transporte

Sim, para realizar qualquer serviço com qualidade, o planejamento é fundamental. Trata-se de um momento que possibilita a redução de falhas, a otimização de tempo e recursos e, por consequência, o aumento da qualidade.

É nesta etapa que a integridade dos produtos perecíveis é milimetricamente pensada. São checadas as condições dos veículos, a disponibilidade dos profissionais envolvidos, o roteiro adequado e um plano B para possíveis eventualidades na rota.

Atente-se as necessidades de cada produto perecível

Essa atenção começa no planejamento, mas deve se estender durante todo o processo. Já sabemos que há condições específicas para diferentes produtos e que elas são determinantes para a preservação de cada um.

Por isso, é necessário não só preparar o veículo de acordo com as exigências de cada frete, como também checar suas condições durante todo o trajeto.

Cuidado na hora do manuseio

Muitas vezes o planejamento é feito com todo o cuidado necessário, o veículo é devidamente adaptado para atender às exigências de cada um dos produtos perecíveis que estão sendo transportados, o armazenamento e o acondicionamento estão em perfeitas condições, mas há deslizes na hora de manusear os produtos.

Isso pode ocorrer na hora do carregamento, durante o transporte ou mesmo no momento de descarregar. Então, é preciso redobrar os cuidados na hora de manusear a carga.

Monitore o tempo de percurso com atenção

Ainda no planejamento, é feito o cálculo de tempo do percurso, até porque se trata de uma informação de extrema importância para a manutenção da integridade dos produtos perecíveis. No entanto, esse período estimado não pode ficar só na perspectiva, sendo que um não cumprimento é capaz de afetar até mesmo a entrega.

Assim, surge a necessidade de monitorar constantemente o tempo de percurso. Dessa forma é possível analisar a possibilidade de cumprir a estimativa.

E aí? Como têm sido os cuidados para garantir a segurança na entrega de produtos perecíveis onde trabalha? Siga o Blog Fretebras e assine nossa newsletter para não perder nenhuma atualização!

Compartilhe: