Logística e Transportes

4 dicas infalíveis de como melhorar a frota de veículos na sua empresa!

Para atuarem no mercado brasileiro, as empresas precisam ser dinâmicas e estar em uma busca constante por melhorias, seja por meio de reduções de custos, seja por meio da implementação de novos métodos que prometem tornar as atividades mais eficientes.

Entender como melhorar a frota de veículos e buscar formas inovadoras de torná-la mais eficiente é fundamental para um negócio do ramo de transportes que busca ser competitivo no mercado e oferecer ao contratante um serviço de maior valor agregado.

A performance da frota incide diretamente na qualidade do serviço prestado, no bem-estar dos motoristas e nos custos que a empresa tem com os veículos. E isso tudo, consequentemente, acaba influenciando a satisfação do cliente final.

Vamos falar um pouco mais sobre a importância de uma frota bem estruturada e sobre como mantê-la com alta performance. Quer saber mais? Continue a leitura!

Como funciona e qual a importância de ter uma frota bem estruturada em seu negócio?

A performance de uma frota traduzirá aos gestores o quanto o negócio está valendo a pena ao comparar os lucros com os gastos. Um baixo desempenho resulta em altos custos, e isso pode levar a empresa ao prejuízo.

Um negócio do ramo de transporte sofre com muitas variáveis que não podem ser controladas, como o aumento no preço dos combustíveis e pedágios, a má condição das estradas e o grande número de taxas e impostos que incidem sobre o lucro de cada serviço prestado.

Se for somado a isso um veículo que não atinge o desempenho esperado, os gastos acabam sendo mais altos que os ganhos, e isso faz com que a competitividade da empresa vá por água abaixo.

Sem contar que, se a baixa performance estiver relacionada com uma má condução ou com a condição de manutenção do veículo, há grandes riscos de acidentes, o que traz danos tanto à carga quanto ao motorista e à imagem da empresa no mercado.

Por esse motivo, buscar melhorias constantes que proporcionem, aos veículos, maior robustez e, aos serviços prestados, um diferencial e um aumento na qualidade da prestação é algo a ser tratado como indispensável para uma empresa que possui uma frota, seja ela grande, seja ela pequena.

Como melhorar sua frota de veículos?

A teoria é fácil: torne sua frota mais eficiente, melhore a performance e você será mais competitivo. O desafio é tirar o conceito do abstrato e colocá-lo na prática, mas, felizmente, podemos ajudá-lo com isso. Selecionamos algumas dicas de sucesso para que você saiba como melhorar sua frota. Confira a seguir!

1. Defina metas e objetivos

Nenhuma equipe alcança resultados sem um direcionamento e muito menos consegue atender às expectativas dos gestores se eles não conseguem traduzir, de forma sucinta, o que esperam.

Ao definir metas e objetivos, a empresa faz um planejamento e sabe o que quer alcançar, isso orienta quem está trabalhando, afinal, é criada uma visão mais clara do que deve ser feito para que se tenha sucesso.

2. Crie um plano de manutenção preventiva

Para que tenha um bom desempenho, um veículo precisa passar por manutenções, e o melhor é que essas revisões aconteçam antes que algum problema ocorra, não é verdade?

Ter um planejamento de manutenção preventiva faz com que a disponibilidade de veículos seja sempre alta — de forma que a empresa não perca nenhum transporte porque um veículo quebrou — e, acima de tudo, evita acidentes que poderiam trazer um prejuízo ainda maior para o negócio.

Além disso, ter uma frota em boas condições faz com que os custos de rodagem sejam menores — os problemas tendem a diminuir a eficiência do carro, fazendo-o gastar mais combustível, por exemplo.

3. Invista em tecnologia

A tecnologia é a melhor amiga da otimização e da eficiência. O mercado oferece incontáveis soluções para auxiliar o gerenciamento de frotas, que tem como objetivo melhorar os controles, reduzir custos e tornar as atividades mais simples e precisas.

Hoje, existem sistemas que conseguem rastrear completamente o desempenho da frota, seja relacionado ao consumo do combustível, seja relativo à forma como o veículo é conduzido pelo motorista.

Os sistemas TMS (Transportation Management System ou Sistema de Gerenciamento de Transportes), permitem criar um planejamento de manutenção preventiva que avise, de forma automática, quando está na hora de um determinado veículo ser encaminhado para a revisão.

Tudo dependerá da capacidade que os gestores e a equipe responsável têm de identificar os gaps e buscar a melhor ferramenta que auxilie no processo e traga maior eficiência.

4. Utilize métricas de avaliação

Não basta criar objetivos, instalar novas tecnologias e fazer manutenções constantes. Quando um desafio é lançado, os resultados precisam ser acompanhados de forma periódica, para que qualquer problema no meio do caminho possa ser verificado antes de trazer prejuízo ao planejamento.

Por esse motivo, adotar métricas de avaliação dos resultados é uma forma de monitorar as atividades e identificar em qual aspecto que a equipe está enfrentando dificuldade.

Como a contratação de um motorista autônomo ajuda a reduzir custos e o número de veículos trafegando vazios?

Uma frota custa caro. A empresa gasta com mão de obra, seja dos motoristas, seja de pessoas trabalhando para o gerenciamento da atividade, além dos custos de depreciação dos veículos. Ao contratar um motorista autônomo, a empresa passa a pagar apenas pelo serviço do frete prestado.

A otimização do transporte também se torna mais fácil, visto que a empresa tem a opção de contratar fretes fracionados quando não há volume o bastante para a lotação de um caminhão, o que auxilia na redução dos custos. Ela poderá contratar o modelo que mais se encaixar na demanda, diferentemente de quando se possui uma frota própria.

Buscar formas de como melhorar a frota de veículos é a melhor maneira de fazer com que o negócio se mantenha competitivo no mercado e a empresa possa sempre proporcionar a implementação de inovações, seja de métodos ou de tecnologias que ajudem a trazer maior lucratividade e qualidade de serviço, gerando satisfação aos contratantes e um feedback positivo ao mercado.

E aí, gostou do post? Venha conferir também 4 maneiras de reduzir custos logísticos e potencialize o resultado da sua empresa!

Mais pessoas podem aprender. Compartilhe!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *