Logística e Transportes

4 maneiras de reduzir custos logísticos que você não pode perder

Toda transportadora de sucesso preocupa-se em reduzir custos logísticos.

Mesmo com desafios da logística como os altos valores dos fretes e preços do combustível, é importante dar atenção especial ao assunto. Até porque, algumas mudanças estratégicas podem colaborar para redução dos custos com transporte.

Neste artigo apresentamos 4 dicas valiosas para reduzir custos logísticos. Continue lendo e confira!

1. Mapeie os processos

É preciso ter em mente que não existe processo perfeito e completamente isento de falhas. Sendo assim, a cada operação que passar por uma revisão, será possível encontrar ao menos uma oportunidade de aprimoramento e, provavelmente, um ponto de redução de custos.

Esse “pente fino” proporciona redução de desperdícios, aumento da produtividade, diminuição do índice de devoluções, além da contenção dos custos operacionais. Dessa forma, mapeie todos os processos da sua transportadora: procure achar falhas com possibilidades de correção e chances de melhorias.

2. Monitore indicadores

Os KPIs (Key Performance Indicators), ou simplesmente indicadores de performance, são valorosos termômetros que ajudam gestores a detectar problemas operacionais e encontrar erros. De acordo com os resultados que eles revelam, é possível reduzir custos logísticos de maneira inteligente, em que gastos desnecessários são cortados e a eficiência é alavancada.

Entretanto, não é preciso medir todos os KPIs que existem para promover essa redução de custos, mas sim saber monitorar os indicadores certos. Esses, por sua vez, contribuirão de fato para a criação de um plano de otimização de recursos. Em seguida, apresentamos alguns dados que valem a pena ser acompanhados de perto:

  • sinistros;
  • índice de multas;
  • custo médio por viagem;
  • índice de depreciação dos veículos;
  • consumo de combustível por km rodado;
  • despesas com manutenções preventivas e corretivas.

3. Invista na automação

A automação de processos é um dos meios mais eficazes de reduzir custos logísticos em sua empresa. Isso porque a execução de atividades de maneira manual traz alguns inconvenientes que certamente representam mais gastos para o seu negócio.

Essa solução implica em impor às atividades um ritmo contínuo, visto que os sistemas automatizados são programados para realizar uma ou mais ações específicas, seguindo os mesmos princípios sempre, de forma padronizada. Isso significa que algumas operações serão realizadas em menos tempo e com mais economia de insumos e mão de obra.

Vale destacar que a automação pode absorver tanto as tarefas operacionais quanto as administrativas, o que permite que a empresa aglutine, compartilhe e divulgue informações com mais agilidade, melhorando também o nível de produtividade, a qualidade dos produtos ou serviços e, principalmente, o atendimento ao cliente.

4. Aposte na tecnologia

Atualmente, no mercado, existem diversos softwares de gerenciamento, como os populares ERPs (sistemas de gestão integrados). Como o próprio nome diz, eles integram setores estratégicos, tais como a área de estoque com a de vendas. Obviamente, essa conexão traz mais eficiência no atendimento dos pedidos, colaborando para evitar erros e a geração de custos indiretos com uma possível insatisfação do cliente.

A verdade é que soluções tecnológicas inovadoras, como a plataforma da Fretebras, permitem que as transportadoras possam acelerar os seus negócios e melhorar, cada vez mais, os resultados. Além disso, auxiliam na redução de custos das empresas e proporcionam otimização do tempo.

Por fim, as vantagens de reduzir custos logísticos envolvem uma maior racionalização, melhoria na utilização dos espaços, otimização de rotas frequentes e a organização, de maneira geral, ganha mais flexibilidade.

Se você quer conhecer as melhores soluções em redução de custos logísticos, saiba mais sobre a FreteBras!

Mais pessoas podem aprender. Compartilhe!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *