Trabalhadores do transporte de cargas terão prioridade na vacinação contra Covid-19

2021-01-14T18:06:28-03:0007/01/2021|Categorias: Notícias e destaques|

Ministério da Saúde acatou pedido da CNT

O Ministério da Saúde, através do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra o Covid-19, considerou os trabalhadores do transporte de cargas e coletivo como parte integrante do grupo prioritário para receber o imunizante, atendendo à solicitação da CNT (Confederação Nacional do Transporte).

Entre os argumentos do presidente da entidade, Vander Costa, para o pedido está o fato de que esses profissionais serão os responsáveis pela prestação dos serviços de transporte de vacinas, pessoas, alimentos, medicamentos e outros suprimentos necessários para o momento crítico, segundo matéria do Portal do Trânsito.

A entidade também colocou as 157 unidades operacionais do SEST SENAT para apoio do Plano Nacional. O Ministério da Saúde não se posicionou, por enquanto, quanto aos trabalhadores dos modais ferroviário, aéreo, de navegação e portuário.

Compartilhe: