Logística e Transportes

Descubra como são definidos os prazos de entrega no transporte rodoviário

O Brasil é o país que mais utiliza o transporte rodoviário, sendo que 58% de todas as entregas são feitas por essa via. Com tanta movimentação, há um fator, além do preço do frete, que influencia a decisão do cliente — o prazo de entrega.

A verdade é que uma única entrega envolve diversas empresas e acontecimentos que afetam tanto o cálculo quanto o cumprimento do prazo estipulado, como volume das mercadorias e localidade do destino e da distribuição. 

A seguir, entenda quais são os processos envolvidos no transporte rodoviário e o que considerar ao estipular os seus prazos de entrega. Vamos lá!

O funcionamento das entregas no transporte rodoviário

Diversos processos envolvem uma entrega no transporte rodoviário. Tudo começa com a coleta dos materiais que, em grande parte das vezes, acontece nos centros de distribuição. Depois, são executados os procedimentos de emissão de notas fiscais e demais documentos obrigatórios, a consolidação das cargas, o transporte e a desconsolidação, que é a descarga.

Diversas empresas estão envolvidas antes, durante e após o trajeto, como os postos de combustíveis, as oficinas, as seguradoras e os órgãos, como a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a Secretaria da Fazenda, que faz o recolhimento dos tributos.

A importância de calcular o prazo das entregas

O prazo das entregas é de grande influência não somente na decisão dos consumidores e do seu cliente, mas também nos processos de gestão das transportadoras, considerando que tempo é dinheiro. Quanto mais rápidas e ágeis forem as suas entregas, um maior volume de fretes você conseguirá cumprir.

No final, isso interfere positivamente na lucratividade e na visão do mercado perante sua empresa. Quando alguém compra algo ou solicita uma entrega, automaticamente, faz todo um planejamento que envolve o prazo. Quando esse período não é cumprido, prejudica tanto o seu lado financeiro quanto o relacionamento com o cliente.

O cálculo dos prazos de entrega

Os cálculos para a definição dos prazos de entrega são feitos considerando estimativas e padrões, sendo necessário pensar que imprevistos podem acontecer, como roubos de carga, caminhões estragados e engarrafamentos causados por acidentes.

Para facilitar esse cálculo, existem empresas e transportadoras que utilizam o sistema dos Correios, que calcula automaticamente o prazo conforme as características das mercadorias.

As particularidades da carga devem ser consideradas uma vez que interferem no período de preparação e nos cuidados, como:

  • tempo de separação dos pedidos;
  • existência de pedido de entrega expressa;
  • localização do centro de distribuição;
  • tempo gasto em trânsito;
  • tipo de carga (se é viva, perecível, perigosa, a granel etc.);
  • existência de feriados ou finais de semana próximos;
  • CEP de origem e destino.

O cumprimento dos prazos de entrega é um fator decisivo para os seus clientes, principalmente porque, se você atrasa um transporte, todo o planejamento do consumidor também muda. Nesses momentos, uma transportadora que tem uma gestão bem estruturada e investe em tecnologias para evitar imprevistos sai na frente da concorrência.

Agora que você já sabe o que considerar ao definir os prazos, confira nosso artigo com 5 valiosas dicas para aumentar a satisfação do cliente com o seu serviço de entrega.

Mais pessoas podem aprender. Compartilhe!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *