FreteBras: uma das 100 startups mais inovadoras do Brasil.

2021-06-29T10:59:44-03:0029/06/2021|Categorias: Notícias e destaques|

A FreteBras acaba de ser escolhida como uma das 100 startups mais inovadoras do Brasil.

Fomos escolhidos como uma das 100 startups mais inovadoras do Brasil, segundo o ranking “100 Startups to Watch 2021 da Pequenas Empresas & Grandes Negócios e da Época NEGÓCIOS”.
Chegamos até aqui graças a cada um dos nossos parceiros: transportadoras, caminhoneiros, embarcadores e colaboradores.

E para comemorar essa conquista, trouxemos neste artigo, uma entrevista exclusiva com Luiz Gustavo Felício, CTO na FreteBras e um dos criadores dessa plataforma que transformou o mercado de transporte de cargas para oferecer o melhor para o setor.

Confira abaixo a entrevista completa do nosso CTO, Luiz Gustavo Felício, mais conhecido como LG.

LG, durante a sua trajetória até aqui, quais foram os maiores desafios e aprendizados encontrados nessa jornada?

O grande desafio foi criar uma plataforma em um mercado totalmente tradicional e que na época era pouco digitalizado, em que o smartphone, por exemplo, ainda não tinha se consolidado no Brasil e menos ainda entre os caminhoneiros, que vivem nas estradas. A conectividade e mobilidade eram extremamente importantes para a ascensão da FreteBras.

Dessa forma, aprendemos que o feito é melhor que perfeito, pois se nós tivéssemos esperado o momento perfeito, a FreteBras nunca teria sido lançada. Ao invés de esperar o mercado de transporte ser digitalizado, a FreteBras ajudou a digitalizar o setor.

Outro desafio foi construir uma startup em um lugar distante dos grandes centros de tecnologia e de investidores, isso fez com que nós nos preocupássemos em criar um modelo de negócio sustentável, que fosse escalável e também rentável. É importante ter em mente ao construir uma startup que mesmo criando um negócio inovador e com grande impacto social, não existe sonho que se mantenha se não for sustentável financeiramente.

Apenas é possível ter uma empresa de sucesso se estiver cercado por pessoas incríveis, com valores alinhados e dispostas a embarcar no desafio. Acredito que o nosso principal desafio no início e que perdura até hoje é de construir o time e esse time construir a empresa.

E com a Pandemia, o home-office tornou-se uma realidade? Como foi essa mudança para a empresa, para os colaboradores e gestores? 

A FreteBras foi criada em Catalão-GO e com o crescimento vimos a necessidade de montar uma nova sede em São Paulo-SP, essa mudança possibilitou acelerar o aumento do time, começamos a trabalhar com equipes distribuídas nas duas cidades e dando a possibilidade de trabalhar alguns dias da semana em home-office.

Como essa cultura já estava sendo implementada na FreteBras e já fazíamos uso de ferramentas que ajudavam no trabalho com pessoas distribuídas, a migração para o trabalho fora dos escritórios durante a pandemia foi mais natural.

Hoje somos 100% remoto e contamos com profissionais brasileiros e estrangeiros, morando aqui e também em outros países.

Você acredita que essa mudança contribuiu para a conquista do prêmio de alguma forma?

Mesmo durante a pandemia a FreteBras conseguiu receber um aporte de investimento que trouxe um ritmo de crescimento ainda maior, dobramos o time durante os primeiros 6 meses do ano e estamos com mais de 200 colaboradores. O trabalho 100% remoto nos possibilitou ter acesso a um leque maior de profissionais e hoje contamos com um time bastante diversificado, formado por brasileiros e estrangeiros morando aqui no Brasil e em outros países.
O crescimento do time ajudou a acelerar as novas iniciativas, que foram fundamentais para alcançarmos os nossos resultados e, consequentemente, o prêmio.

Para você, inovação é uma questão de técnica ou de mindset?

Para mim é uma questão de mindset de inovação. A cultura de inovação dentro das empresas está bastante relacionada a um ambiente onde estimula a criatividade das pessoas, dando liberdade para desafiar ideias, experimentar e cometer erros.

LG, como você enxerga os próximos anos da FreteBras? Acredita que ainda devem crescer mais?

O setor de transporte de cargas no Brasil possui duas características importantes, a primeira é de ser um mercado muito grande e ainda com bastante espaço de crescimento para a FreteBras, segundo por ser muito ineficiente, o que nos permite usar as dificuldades do setor como alavancas para inovar ainda mais.

Nós da FreteBras, estamos criando um ecossistema visando melhorar a eficiência de toda cadeia logística, tanto para caminhoneiros quanto para empresas, desde o momento da contratação de fretes até a entrega do produto no destino.

Gostou de saber mais sobre a gestão e cultura organizacional da FreteBras? Acompanhe nosso LinkedIn!

Compartilhe: